Objetos pessoais da cantora britânica Amy Winehouse, entre eles letras de músicas e um violão, foram roubados de sua casa após sua morte, relata nesta quinta-feira o jornal “The Sun”.
Mitch Winehouse, pai da cantora morta em 23 de julho, acredita que foram pessoas próximas a sua filha que roubaram esses artigos, já que apenas 20 pessoas tinham acesso ao interior da casa.
Entre essas pessoas estão sua família, amigos, seguranças e policiais, que investigam a morte ainda não esclarecida da cantora de 27 anos após um longo histórico de abuso de drogas e álcool.
Os artigos roubados que constariam na denúncia apresentada à polícia são dois cadernos com letras de músicas para o terceiro álbum que a cantora preparava, mas a família também teria dado falta de outros objetos como seu violão favorito e cópias de canções que não foram gravadas, segundo o sensacionalista “The Sun”.
No início desta semana, foi divulgado que fãs de Amy tinham roubado as quatro placas da praça localizada em frente à casa onde a cantora vivia para conservá-las como lembrança.